Morre idosa de 106 anos que ficou noiva em Pirassununga, SP


Cerimônia aconteceu em janeiro deste ano. Dona Valda, como era conhecida, morreu devido a uma infecção hospitalar.

Dona Valda é maquiada para a cerimônia de noivado em asilo de Pirassununga (Foto: Ana Marin/ G1)Dona Valda é maquiada para a cerimônia de noivado em asilo de Pirassununga (Foto: Ana Marin/ G1)

Dona Valda é maquiada para a cerimônia de noivado em asilo de Pirassununga (Foto: Ana Marin/ G1)

Os moradores do asilo Nossa Senhora de Fátima, em Pirassununga (SP), se despediram no último fim de semana de Valdemira Rodrigues de Oliveira. Conhecida como dona Valda, a idosa de 106 anos faleceu devido a uma infecção hospitalar meses depois de ficar noiva e antes de concretizar o casamento com Aparecido Dias Jacob, de 66 anos, também morador da instituição.

A idosa estava acamada há dois meses e foi internada há duas semanas com atrofia cerebral. “Foi uma perda muito grande, ela era uma alegria só aqui na instituição”, afirmou a coordenadora do asilo, Estelina Lima.

Segundo ela, Jacob está conformado, mas abalado. “Enquanto ela estava internada ele falava ‘estou esperando qualquer notícia, sei que ela não vai voltar'”.

Conhecida pelos moradores da cidade, dona Valda foi lavradora, empregada doméstica e, na década de 1970, integrou o primeiro grupo de varredoras de rua de Pirassununga.

Dona Valda foi até o altar com andador (Foto: Ana Marin/G1)Dona Valda foi até o altar com andador (Foto: Ana Marin/G1)

Dona Valda foi até o altar com andador (Foto: Ana Marin/G1)

Desde 2011 ela vivia no asilo. “Ela chegou aqui de bengala, antes morava sozinha em uma casa de fundos”, disse a coordenadora.

Estelina explicou que, em maio, a aposentada parou de enxergar e perdeu a lucidez, mas Jacob não quis se afastar e fazia questão de visitar a noiva no quarto.

“Havia até uma cadeira no quarto, onde o Jacob ficava ao lado de Valda, todos os dias dava beijinhos nela”.

Há duas semanas, a situação da idosa se agravou e ela precisou ser levada ao hospital, onde faleceu na sexta-feira (28).

Alianças dos noivos em asilo de Pirassununga (Foto: Ana Marin/G1)Alianças dos noivos em asilo de Pirassununga (Foto: Ana Marin/G1)

Alianças dos noivos em asilo de Pirassununga (Foto: Ana Marin/G1)

Valda conheceu Jacob no asilo. Os dois namoraram por três anos, quando contaram a voluntários do “Projeto dos Sonhos” que queriam se casar, surgiu a ideia do noivado.

O evento aconteceu no dia 28 de janeiro e contou com ajuda de doações e 150 voluntários. Mais de 100 convidados participaram da cerimônia. A festa foi no asilo e teve até um altar improvisado, no qual dona Valda fez questão de subir mesmo com as limitações e o andador.

Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.



Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *